Pelo que consegui pesquisar, em 27 de dezembro de 2006 o Discovery Channel apresentou o documentário “The iPod Revolution: Inside Story of the Apple iPod and Steve Jobs”.

Esse documentário é muito bem produzido, em 40 minutos ele resume a história da Apple de 1997 até 2006, cobrindo quase uma década desde o retorno de Steve Jobs à Apple, ao lançamento do iPod e ao gigantesco sucesso do iTunes Music Store. E isso é só metade da história já que o iPhone só viria a ser revelado em Janeiro de 2007, ou seja a história é ainda maior.

Sempre recomendo pesquisar essa história porque ela é muito interessante e engajante. Para mais detalhes leiam os livros:

Como eu sempre mostro esse vídeo aos meus amigos que ficam interessados resolvi que passou da hora de legendar (nem todo mundo que mostro é da área de tecnologia e, pra variar, inglês é um problema, mas isso é outro assunto). Se estiverem interessado no arquivo de legenda, criei um Gist com ele. Para legendar usei o Miyu. Para renderizar a legenda no vídeo usei o Submerge e finalmente subi na minha conta no Blip.tv. Assistam a seguir:

Claro, o vídeo é de propriedade particular da Discovery Channel, que tem todos os seus direitos reservados. Esse material não deve ser utilizado para fins lucrativos. Ele já está disponível em diversos outros sites, mas se for necessário retiro o vídeo. Se por acaso eu retirar, ainda existem outras fontes, por exemplo, no Youtube:

Mas a história é bem mais interessante que isso. Eu já li e assisti todo material disponível sobre o assunto desde 1983. Pesquisando encontrei alguns pedaços dessa história no Youtube também, então seguem mais links para vídeos:

  • 1983 – Neste keynote um jovem Steve Jobs, que acabou de transformar a Apple numa super potência, fala sobre seus planos para um novo computador a ser lançado em 1984. É um discurso épico. E no final ele apresenta o comercial mais famoso do mundo, o 1984, que foi dirigido pelo Ridley Scott e foi mostrado apenas uma única vez no Super Bowl do ano seguinte.
  • Boston Macworld 1997 – Steve Jobs foi banido da Apple em 1985 e retorna mais de 11 anos depois numa Apple devastada, perdendo 1 bilhão todo ano e com pessoas como Michael Dell dizendo Se eu fosse a Apple, fecharia tudo e devolveria o dinheiro aos acionistas. Ele expõe os problemas, explica os pontos ainda fortes da Apple, e traça uma estratégia de como levantar – totalmente contrária a todos os “analistas”. Recomendo a qualquer um que se preocupe com administração: como se levantar de uma queda.
  • Macworld 1998 – Um ano depois do retorno, o Steve já modificou toda a Apple e lança o primeiro produto que marca esse reboot: o iMac colorido. Foi um computador dedicado principalmente ao nascente mercado de internet para consumidores, lembrando, é o começo da primeira bolha da internet ainda.
  • iPod Introduction 2001 – Trecho da apresentação onde o Steve apresenta o iPod pela primeira vez. Foi um evento fechado dentro do campus da Apple apenas para convidados jornalistas. O primeiro dia de uma revolução como nenhum dos presentes jamais poderia imaginar.
  • iTunes Store Introduction 2003 – Com softwares como Napster, Limewire, etc permitindo baixar músicas gratuitamente, como você venderia um sistema onde você precisa pagar pela música? Esse vídeo demonstra como o Steve conseguiu fazer isso. Lembrando que o mais importante foi como o Steve conseguiu dobrar os Big 5 da indústria de música a normalizar um único preço flat para músicas unitárias e álbuns, e também convenceu os artistas a quebrarem os álbuns e venderem músicas unitárias.
  • “iPhone Introduction 2007” – Este é genial. Depois de 2 anos e meio trabalhando em segredo, com todos os crescentes rumores sobre um iPod-phone, como o Steve conseguiu redefinir o mercado de smartphones. Lembrando um ponto fundamental: o controle dos fones sempre foi dos carriers, mas o Steve negociou um contrato inédito com a Cingular (hoje AT&T) onde o fone continuava sob o controle da Apple, ou seja, nada de aplicativos de marketing pré-instalados no fone e outras coisas assim. Este ano acabou o contrato de exclusividade com a AT&T e eles acabaram de anunciar a disponibilidade do iPhone versão CDMA para os potenciais 93 milhões de clientes da Verizon!
  • “iPad Introduction 2009” – Aqui ele revela o iPad, que todos disseram que seria ruim, não iria pegar, não seria legal, etc e hoje se tornou um record de vendas e eleito produto do ano.
  • “The Fall and Rise of Apple” – Esta é um resumo da história de queda e como a Apple se reergueu, no contexto geral do mercado e de seus produtos:

E fechando, no documentário a Apple começa 1996 em péssimo estado, perdendo US$ 1 bilhão por ano, com as ações caindo pra US$ 17 cada. Agora, no fechamento do último trimestre de 2010, ela vendeu 16.24 milhões de iPhones somente nesse trimestre, assim como 7.33 milhões de iPads, 19.45 milhões de iPods e 4.13 milhões de Macs. Repetindo: apenas no trimestre!

Até agora a Apple já vendeu mais de 14 milhões de iPads desde o lançamento que foi em Abril do ano passado! E o valor das ações da Apple agora são de US$ 340. Quem comprou em 1996 e se manteve, viu seu capital crescer quase 20 vezes 80 vezes em 15 anos, isso porque a Apple realizou split share em 2000 e 2005 (via comentário do @cassiozen, abaixo). Um excelente investimento.

comentários deste blog disponibilizados por Disqus