Palestrante Rails Summit: Danilo Sato

2008 September 03, 11:59 h - tags: railssummit2008

Mais um evangelizador de técnicas ágeis, testes automatizados, e tudo que entende-se como programação moderna e não burocrática, Danilo Sato palestrará na Rails Summit. Vamos conhecer um pouco mais sobre ele.

AkitaOnRails: Poderia se apresentar e falar um pouco mais sobre você? Principalmente suas experiências anteriores em tecnologia ou empreendedorismo pré-Rails?

Danilo Sato: Meu nome é Danilo Sato e atualmente sou desenvolvedor, coach e consultor na ThoughtWorks em Londres. Sou formado em Ciência da Computação pelo IME/USP e terminei meu mestrado em 2007 no assunto Métodos Ágeis de Desenvolvimento de Software_, um dos meus assuntos favoritos. Sou membro da AgilCoop e fundador do Coding Dojo de São Paulosp/, um grupo de programadores que se reúne semanalmente para discutir e aprender novas linguagens e técnicas de programação. Ultimamente também organizo as Ruby Tuesdays na ThoughtWorks, um encontro quinzenal no estilo Dojo, porém focado em Ruby e Rails.

AkitaOnRails: Como se encontrou com Ruby on Rails? O que foi que o convenceu a apostar seus recursos em aprender e usar essa tecnologia? O que você mais gosta sobre Ruby e Rails?

Danilo Sato: A maior parte da minha carreira eu trabalhei com tecnologias Java. Quando conheci Ruby e Rails, descobri que a vida pode ser muito mais simples e divertida :-) O que eu mais gosto de Ruby é sua flexibilidade e sua filosofia: apesar de ser totalmente O.O. ela permite que pessoas dos mais diversos estilos se adaptem facilmente de qualquer linguagem. A flexibilidade de fazer a mesma coisa de mais de um jeito permite que um novato aprenda gradativamente o “Ruby Way”. E a maioria das coisas são super intuitivas e Simplesmente Funcionam. Rails é a extensão dessa filosofia para desenvolvimento web: você consegue rapidamente se tornar produtivo e, com o tempo, vai lapidando seu conhecimento cada vez mais.

AkitaOnRails: Você participa da comunidade brasileira de Ruby e Rails? Tem blog, participa de projetos open source, ministra palestras ou cursos?

Danilo Sato: Participo discretamente da comunidade Ruby/Rails no Brasil, mas minha maior participação é na comunidade de Métodos Ágeis. Porém acredito que ambas têm muito a aprender uma com a outra. Meu objetivo é tentar diminuir essa distância, trocando o conhecimento e o aprendizado que obtive com base na minha experiência. Já palestrei em conferências nacionais e internacionais em ambas as áreas como XP 2007, Agile 2008, RejectConf’SP 07, Rio on Rails, entre outras. Também participo do Café com o Tom (minha próxima palestra lá será dia 13 de Setembro) e blogo esporadicamente em www.dtsato.com

AkitaOnRails: O Rails Summit será uma grande oportunidade para conhecer pessoas, ver o que os outros estão fazendo, trocar idéias e ver o rumo da tecnologia. Sobre o que será sua palestra?

Danilo Sato: Minha palestra será um apanhado geral sobre minhas experiências sobre testes automatizados. Apesar de utilizar frameworks Ruby durante a palestra, meu intuito é que o conteúdo seja aproveitado por qualquer desenvolvedor interessado em melhorar a qualidade do seu código. Além de explicar a motivação por trás de tudo, alguns dos temas que pretendo abordar são: TDD vs. BDD, características de bons testes automatizados, mocks e stubs, ferramentas de cobertura e muito mais. Minha expectativa é que qualquer pessoa aproveite pelo menos alguma coisa do que quero compartilhar, desde os iniciantes no assunto até os mais experientes.

AkitaOnRails: O que você tem a dizer aos desenvolvedores brasileiros que gostariam de usar Rails mas se vêem na situação de aprender apenas a tecnologia que tem maior marketshare?

Danilo Sato: Eu diria: “Cuidado para não virar o programador COBOL de amanhã!”

Nossa área está em constante mudança, adaptação e qualquer pessoa que trabalha com desenvolvimento de software precisa estar constantemente em busca de conhecimento. Tudo aquilo que aprendemos hoje, pode se tornar obsoleto ou ineficiente amanhã. Isso é por um lado ingrato, mas por outro é o que nos impulsiona pra frente.

São inovações na forma de pensar como aquelas trazidas pela comunidade Ruby e Rails que nos fazem questionar o status quo. Mesmo que você ainda não possa utilizá-las no seu dia-a-dia do trabalho, com certeza vai começar a pensar de um jeito diferente depois que começar a aprendê-las.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus