Off Topic: "Here's to the crazy ones ..."

2007 January 27, 16:02 h - tags: marketing apple off-topic

Fonte: Blog.MacMagazine.com

Esse comercial marca a volta da Apple, das cinzas, a volta de Steve Jobs ao comando. A campanha “Think Different” já tem 10 anos, o post que me lembrou disso também é meio antigo, mas a mensagem continua muito recente. Vale até mesmo para nós, Railers – seria um bom comercial de autoria de uma 37signals, por exemplo. Aproveitem.

Here’s to the crazy ones.

The misfits.
The rebels.
The troublemakers.
The round pegs in the square holes.
The ones who see things differently.

They’re not fond of rules.
And they have no respect for the status quo.

You can praise them, disagree with them, quote them,
disbelieve them, glorify or vilify them.
About the only thing that you can’t do, is ignore them.

Because they change things.

They invent. They imagine. They heal.
They explore. They create. They inspire.
They push the human race forward.

Maybe they have to be crazy.

How else can you stare at an empty canvas and see a work of art?
Or, sit in silence and hear a song that hasn’t been written?
Or, gaze at a red planet and see a laboratory on wheels?

We make tools for these kinds of people.
While some may see them as the crazy ones, we see genius.

Because the ones who are crazy enough
to think that they can change the world,

are the ones who do.


Tradução:

Aqui vai para os loucos.

Os que não se encaixam.
Os rebeldes.
Os causadores de problemas.
Os cilindros nos buracos quadrados.
Os que vêem as coisas de maneira diferente.

Eles não gostam de regras.
E não tem respeito pelo status quo.

Você pode admirá-los, descordar deles, mencioná-los,
desacreditar deles, glorificá-los ou vilificá-los.
Somente uma coisa não pode fazer, que é ignorá-los.

Porque eles mudam as coisa.

Eles inventam. Eles imaginam. Eles curam.
Eles exploram. Eles criam. Eles inspiram.
Eles empurram a raça humana para frente.

Talvez eles precisem ser loucos.

De que outra forma você pode encarar uma tela vazia e ver um trabalho de arte?
Ou, sentar no silêncio e ouvir uma música que ainda não foi escrita?
Ou, observar um planeta vermelho e ver um laboratório sobre rodas?

Nós fazemos ferramentas para esses tipos de pessoas.
Enquanto alguns os vêem como os loucos, nós vemos gênios.

Porque aqueles que são loucos o suficiente
para achar que podem mudar o mundo,

são os que conseguem.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus