Rubyconf Brasil 2015 "Novo Formato" - Sucesso!

2015 October 07, 17:38 h - tags: rubyconfbr2015

Faz pouco mais de 2 semanas desde que tivemos nossa Rubyconf Brasil 2015 e antes de mais nada quero agradecer muito a todos que participaram: patrocinadores, palestrantes e principalmente cada um dos participantes!

Esta foi oficialmente nosso maior e melhor evento de todos. Foram mais de 1.000 pessoas ao mesmo tempo nos dois dias. Foram 75 palestrantes distribuídos em 2 andares de eventos e 5 trilhas paralelas no nosso Novo Formato. Este ano gravamos apenas as palestras do Andar Fechado (os temas mais de Ruby e um pouco mais avançados) e em breve quem foi vai receber um email da Eventials com os links à medida que forem liberados.

Neste oitavo ano seguido de Rubyconf Brasil, não queria apenas reimplementar o mesmo formato que vinha dando certo, mas arriscar com o Novo Formato onde tivemos um "Andar Aberto" com 3 novas trilhas paralelas com temas que não eras específicas de Ruby.

Novo Formato

A comunidade Ruby nunca foi xiita. Você dificilmente vai ver um rubista atacar outra linguagem ou plataforma de graça só por não ser Ruby. Pelo contrário, sempre integramos com todo mundo. Nosso único extremismo é em tentar sempre fazer software bem feito, nunca hackings mal feitos feitos meramente por síndrome de "not-invented-here" (NIH) ou "quick-and-dirty", isso não é rubismo.

O conceito de ser um "Rubista" é gostar de desenvolvimento ágil sustentável, testar e integrar com novas tecnologias, independente de onde elas venham. Se a melhor engine de procura é o Elasticsearch, que é feito em Java, vamos usar. Se o melhor sistema de deployment é Ansible, que é em Python, vamos usar. Se o melhor framework Javascript é Angular ou Ember, vamos integrar. Se tem uma coisa que esta geração de cloud computing e Software as a Service nos ensinou é que um mashup de tecnologias "best-of-breed" sempre vai estar à frente. E à medida que avançamos, vamos criar o ecossistema que sustente nosso estilo de desenvolvimento, e daí esta comunidade saiu com Github, New Relic, Code Climate, Travis-CI, PivotalTracker, etc.

Uma "Rubyconf" nos EUA sempre teve a idéia de ser mais focada nos internals de Ruby, no Core Team, no que vêm à frente na linguagem. Mas para a realidade do nosso mercado no Brasil, o foco é em como o desenvolvedor pode usar Ruby e as ferramentas ao redor pra tirar o máximo do seu investimento. Somos mais parecidos com a idéia da "Railsconf". Então fazia sentido que nossa "Rubyconf" fosse mais aberta e inclusiva. E o resultado foi que o Novo Formato foi um grande sucesso. Tivemos palestras de novas linguagens como Go, Rust e Elixir, de Docker e devops, de Javascript, de UX e comunidades. Falando com o @PotHix a Rubyconf quase poderia caminhar para vir a ser uma "OSCON" (proporções devidamente consideradas, claro).

Auditório

Esta foi a primeira vez que tivemos que fechar as inscrições antes do evento! Mais do que isso, como sempre metade do público veio de diversas partes de São Paulo (capital e interior), mas quase metade veio de fora, em particular do Sul e do Nordeste. Diferente de eventos corporativos onde boa parte do público vai mais como desculpa pra não trabalhar (por isso precisam de 'certificado'), o público da Rubyconf Brasil é independente, composto de programadores que gostam de programar e que vão por conta própria para aprender mais. São autodidatas por natureza.

Um dos reflexos disso? Sempre tivemos tradução simultânea por áudio de inglês para português nas palestras de estrangeiros. Este ano fico contente de reportar que menos de 10 pessoas precisaram do áudio. Ano que vem vamos finalmente remover a tradução completamente.

Já estamos pensando na 9o Rubyconf Brasil que vai acontecer provavelmente no FIM DE SETEMBRO DE 2016 (datas a confirmar, mas já agendem essa época!).

Para isso precisamos da ajuda de vocês. Aproximadamente por Maio de 2016 vamos abrir novamente o Call for Papers. Vão pensando desde já em temas atuais para submeter. Vamos ter no mínimo o mesmo numero de slots deste ano (cerca de 75). Vamos novamente separar em temas Avançados e temas não-Ruby e/ou para iniciantes. Este ano foi um "MVP", ano que vem esperamos temas ainda mais diversificados. Muitos que começaram indo nas Rubyconf passadas agora já são programadores e palestrantes de experiência, você também pode ser um deles! Continue treinando!

E como eu disse no fechamento do evento, esta é uma comunidade de adultos. Mesmo com sessões não-isoladas no Andar Aberto, com palestras competindo com atividades ao redor, grupos de pessoas conversando, uma coisa que foi notável foi a organização dos participantes: tivemos ZERO incidentes de qualquer tipo. Não tivemos barulho, tumulto, ou qualquer tipo de problema. Mais uma vez, foi um tour de force desta comunidade em como agir em eventos com muita gente.

Se você não participou e quiser saber como foi, achei estes posts em outros blogs reportando a experiência em primeira mão:

Não deixe de postar sobre o que achou do evento e me mande o link nos comentários para que eu atualize aqui.

O álbum de fotos oficial está na página de Facebook da Locaweb, não deixe de procurar você e seus amigos por lá!

Novamente, quero deixar meus agradecimentos a todos os palestrantes, muitos que vieram de diversas partes do Brasil e de fora!. E muito obrigado aos patrocinadores que investiram para tornar este evento possível: Locaweb, Tray Checkout, Jet Brains, Resultados Digitais (trilha aberta 3), Digital Pages, Code Climate, Vagas, HE:Labs, Toptal (que patrocinou nosso happy hour), Plataformatec (trilha aberta 2), Codeminer (trilha aberta 1), Hite. Não deixe de ver a lista completa de empresas e instituições que nos apoiaram na divulgação também no site do evento.

Mural

Nos vemos em 2016!

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus