[Dica Mac] Melhorando seu Mail.app

2011 April 18, 11:28 h - tags: mac obsolete

Eu uso o Mail.app, que é o cliente de email padrão do Mac há muitos anos e sempre gostei muito dele. Quando o Lion (OS X 10.7) for lançado este ano o Mail.app receberá uma grande e bem vinda atualização no seu visual. Mas até lá podemos já dar uma ajudinha agora mesmo. Veja uma foto do meu Mail.app:

Para começar, eu detesto o formato de ter uma lista de emails em cima, um divisor horizontal e o detalhe do email embaixo. Provavelmente é minha herança de anos anteriores usando Outlook, mas sempre me pareceu mais óbvio – em monitores widescreen – que você tivesse a lista de emails numa coluna vertical no meio e o detalhe do email numa coluna vertical também, à direita.

Existem alguns plugins que fazem isso e o que estou usando agora é o WideMail. Só esse plugin já me deixa contente.

Outro que pra mim é indispensável é o MsgFiler. Eu recebo dezenas de emails por dia. Não tem coisa mais chata que marcar emails e arrastar com o mouse (ou trackpad, no meu caso). E o Mail.app não tem atalho de teclado padrão para isso. Agora com o MsgFiler, basta marcar as mensagens que quero, apertar Command+9 (pode ser modificado), digitar o nome do mailbox para onde quero mover, selecionar dentre os mailboxes encontrados usando setas (caso venha mais de um) e apertar Enter para mover. Assim simples! Você pode comprar pela AppStore, custa míseros US$ 9.99.

Tem um que eu uso muito pouco e pra falar a verdade ainda estou tentando descobrir utilidade para ele no meu fluxo de trabalho. É o MailTags. Ele é meio caro a US$ 29.95 (“caro” é relativo, para mim parece “caro” porque eu comprei e ainda não dei boa utilidade pra ele). Mas ele é um canivete suíço. A idéia principal é que você pode associar tags às suas mensagens, para melhor gerenciar e encontrar emails, usar emails como ítens de tarefas, então ele também ajudaria a gerenciar tarefas integrado ao iCal e muitas outras coisas. Recomendo dar uma olhada no site deles e ver se você encontra utilidade.

Finalmente, ele não é só plugin do Mail.app, mas se ainda não usava recomendo instalar o Growl. Ele é um projeto de código aberto e acabou se tornando o padrão não-oficial de notificação no Mac. A maioria dos novos aplicativos hoje envia notificações ao Growl. O Growl é um centralizador de notificações que vai mostrar coisas como novos emails, novos tweets, programas que terminaram de instalar, programas que estão baixando atualizações e muito mais. Daí ele mostra uma janela popup que aparece e desaparece – você pode customizar o visual. E em paralelo tem o GrowlMail, que é um plugin do Mail.app que justamente envia notificações de novas mensagens para que você possa ver no momento em que recebe.

De tudo isso, existe apenas um “porém” que eu acho a coisa mais chata do mundo: toda vez que sai um novo upgrade grande do OS X, por exemplo, para saltar da versão 10.6.6 para a 10.6.7, esses plugins todos quebram! O Mail.app não possui uma API oficial, portanto os plugins usam meio que uma “gambiarra” para se integrar. O problema é que essa gambiarra quebra, daí a cada upgrade do sistema você vai tentar abrir o Mail.app e vai aparecer uma janela dizendo que os plugins são incompatíveis. Eles são automaticamente movidos para a pasta ~/Library/Mail/Bundles (Disabled). Daí você precisa entrar em cada um dos sites que linkei acima e baixar a versão atualizada de cada plugin. O único que não precisa disso é o MsgFiler, que se instalar como um aplicativo independente em vez de ser um plugin direto Mail.app.

Mesmo com esse inconveniente, os benefícios ainda são maiores, então acho que vale a pena. Espero que uma das novidades do Mail.app do Lion seja uma API oficial para extensões no Mail.app, assim como a do Safari.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus