Ruby 1.9.1 - Finalmente versão stable!

2009 January 31, 17:59 h - tags: ruby obsolete

Ontem foi lançada a versão final do Ruby 1.9.1 stable. O isso significa para nós Railers? No curto prazo, nada. Para Rubistas, significa muita coisa. Esta versão, que tinha o codenome “YARV” (Yet Another Ruby VM) veio sendo desenvolvido pelo grupo japonês do Ruby Core faz alguns anos. Dentre os principais objetivos estava melhorar bastante a performance, incorporar M17N (multilingualization), melhorar um pouco processamento paralelo (não é possível ter threads nativas por causa do Global Interpreter Lock ou GIL) no caso introduzindo Fibers.


Para quem desenvolve Ruby puro, ferramentas de administração de sistemas, bibliotecas, finalmente irá gozar de uma virtual machine mais veloz que deve se aproximar – e em alguns casos talvez ultrapassar – o Python 2.6/3.0. Ainda não é nem de longe tão maduro quanto, mas a distância com certeza diminuiu bastante para não ser mais relevante na maioria dos casos.

Para Railers, o Rails 2.2.2 já é compatível com a versão 1.9, mas não funcionará para criar aplicações complexas pois todas as outras Gems da comunidade ainda não estão compatíveis. Os desenvolvedores de Gems precisam começar a criar código compatível com 1.8 e 1.9 agora. (leia o artigo do Dr Nic a respeito).

Com isso, 2009 será o ano de migração: de Ruby 1.8 para Ruby 1.9 e de Rails 2/Merb 1 para Rails 3. Devemos ver muito código de migração acontecendo no Github.

Instalando

Neste momento imagino que a maioria dos repositórios como Apt, Yum, MacPorts, etc ainda devem estar no máximo com a versão Release Candidate 2. Portanto, para instalar a nova versão na sua máquina, você precisará baixar diretamente do repositório oficial via subversion:

svn export http://svn.ruby-lang.org/repos/ruby/tags/v1_9_1_0/ ruby19
1
2
3
4
Como muita gente deve estar baixando esse código nos próximos dias, criei um mirror no Github que você pode baixar via Git:

<macro:code>git clone git://github.com/akitaonrails/ruby191-stable-mirror.git ruby19

Outra coisa, não jogue fora sua instalação atual de Ruby 1.8.6, instale o Ruby 1.9.1 lado-a-lado compilando da seguinte forma:

autoconf
./configure —prefix=/usr/local —program-suffix=1.9
make
sudo make install
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Desta forma você ganhará executáveis como ruby19, irb19, ri19 e rdoc19 para poder usar somente quando precisar. Estou assumindo, claro, que vocês sabem como instalar compiladores e todas as outras ferramentas para que isso funcione.

Para quem já usa MultiRuby, a ferramenta do Ryan Davis para testar código em múltiplas versões do Ruby ao mesmo tempo, faça o seguinte:

<macro:code>
sudo gem install ZenTest
multiruby_setup mri:svn:tag:v1_9_1_0
multiruby -S gem install test-unit -v=1.2.3

A gem test-unit é necessária se você quiser testar Rails porque a antiga biblioteca test/unit que o Rails usa foi retirada do Ruby standard. E daí em diante execute comandos como script/server, rake, irb, gem, etc usando “multiruby -S” antes do comando, como no exemplo acima.

No Windows, o Luis Lavena anunciou hoje que Tim Elliot fez um fork de seu projeto RubyInstaller e fez uma versão meio beta, funcional, de instalador para Ruby 1.9 no Windows.

Aos Railers, o Radar blogou sobre suas primeiras experiências fazendo o Rails 2.3 (Edge) rodar no Ruby 1.9, incluindo um hack no Rack para que ele rodasse. Como eu disse: ainda não é hora de realmente desenvolver Rails no Ruby 1.9, mas é sim uma boa hora para quem quer experimentar e testar possibilidade e – principalmente – ajudar a atualizar as principais Gems para o novo Ruby.

Mudanças

Tirando as mudanças maiores de arquitetura, performance, existe muita coisa diferente neste Ruby. Para acompanhar o que mudou, um dos caminhos é comprar o livro (ainda em beta) do Dave Thomas, o famoso Pickaxe, Programming Ruby 1.9: The Pragmatic Programmers’ Guide.

A lista oficial de tudo que mudou está no próprio repositório do Ruby 1.9 neste link. Mas ele não explica muita coisa. O primeiro passo, assista a apresentação do Dave Thomas e David Black da RubyConf 2008 disponível na Confreaks e também veja os slides dessa apresentação aqui.

Anterior a essa apresentação o Bruce Williams também fez uma palestra sobre Migrando para Ruby 1.9. Vale complementar com o post de James Edward Gray II, Se preparando para Ruby 1.9. David Black também fez dois posts este mês falando sobre mais alguns pontos para tomar cuidado na nova versão.

Como o Dave Thomas está escrevendo o novo PickAxe, seu blog também tem diversos posts com algumas dicas sobre o novo Ruby 1.9. Veja os posts:


E ao pessoal de JRuby, fiquem tranquilos, o Charles Nutter imediatamente anunciou que a próxima versão JRuby 1.2 já conterá as bibliotecas padrão do Ruby 1.9 e deve ser lançado até o fim de fevereiro.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus