Ambiente: começando no Ruby e Rails

2008 November 24, 11:31 h - tags: rails obsolete

Algum tempo atrás, mais especificamente em 24/11/2008, escrevi este artigo originalmente. Infelizmente, talvez quando migrei de Mephisto para Enki, o conteúdo deste artigo se perdeu e eu não lembro o que foi exatamente que escrevi nele. Por isso vou escrever um novo artigo do zero. Especificamente sobre como configurar seu ambiente para começar com Ruby on Rails no Mac.

Antes de mais nada, consulte o Wiki do Guru-SP, com diversos links para recursos em português, incluindo livros online, guias, tutoriais, grupos de discussão e muito mais que a comunidade brasileira de Ruby e Rails já preparou.

Para usuários de Leopard, a coisa já começa fácil pois você já tem o Ruby 1.8.6 patchlevel 287 pré-instalado (considerando que você já atualizou para 10.5.7 ou superior). A partir do Snow Leopard (que será lançado em Setembro de 2009) você terá o Ruby 1.8.7 em seu lugar. Para ambiente de desenvolvimento, prefiro usar o Ruby que já vem pré-instalado.

Mas vamos precisar de mais. Para começar, você precisa instalar o XCode Tools que está na pasta de “Optional Installs” que está no DVD de instalação do Leopard que acompanha todos os Macs. Além da IDE XCode e outras ferramentas visuais, ele também instalará compiladores, depuradores, headers de compilação e muito mais.

Agora, instale o MacPorts e a interface gráfica Porticus. Feito isso, abra o Terminal e digite:

1
sudo port selfupdate

Faça isso de tempos em tempos para que ele atualize seu repositório a partir dos servidores remotos. Agora, vamos instalar o MySQL 5:

1
sudo port install mysql5-server  

Agora vamos configurar o MySQL:

1
2
sudo launchctl load -w /Library/LaunchDaemons/org.macports.mysql5.plist
sudo mysql_install_db5 --user=mysql

Para facilitar a vida para o Rails, vamos fazer o arquivo socket do MySQL ser criado como /tmp/mysql.sock para que você não tenha que manualmente colocar o local do socket no seu database.yml.

1
2
sudo mv /opt/local/etc/my.cnf /opt/local/etc/mysql5/my.cnf
sudo mv /opt/local/share/mysql5/mysql/my-medium.cnf /opt/local/etc/mysql5/my.cnf

Usando algum editor de textos como o Textmate ou mesmo o bom e velho Vim que já vem instalado no Mac, edite o arquivo “/opt/local/etc/mysql5/my.cnf” colocando o path correto do socket conforme mostrado abaixo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
...
# In this file, you can use all long options that a program supports.
# If you want to know which options a program supports, run the program
# with the "--help" option.

[mysqld_safe]
socket          = /tmp/mysql.sock

# The following options will be passed to all MySQL clients
[client]
#password       = your_password
port            = 3306
socket          = /tmp/mysql.sock

# Here follows entries for some specific programs

# The MySQL server
[mysqld]
port            = 3306
socket          = /tmp/mysql.sock
...

Agora, opcionalmente, vamos também instalar o PostgreSQL 8.3, caso você queira testar nesse banco de dados também.

1
sudo port install postgresql83-server

Depois de um longo tempo de compilação, faça o seguinte para configurar da primeira vez:

1
2
3
4
sudo mkdir -p /opt/local/var/db/postgresql83/defaultdb
sudo chown postgres:postgres /opt/local/var/db/postgresql83/defaultdb
sudo su postgres -c '/opt/local/lib/postgresql83/bin/initdb -D /opt/local/var/db/postgresql83/defaultdb'
sudo launchctl load -w /Library/LaunchDaemons/org.macports.postgresql83-server.plist

Edite o arquivo “.bash_profile” que fica no seu diretório /Users/[seu usuário], ou crie caso ele não exista. Dentro coloque uma linha como:

1
export PATH=/opt/local/bin:/opt/local/sbin:/opt/local/lib/postgresql83/bin:$PATH

Da primeira vez que for usar o RubyGems, do Terminal, tente atualizá-lo primeiro:

1
2
sudo gem update --system
sudo gem update

Agora, hora de instalar as gems para mysql, postgresql e sqlite3:

1
2
3
sudo env ARCHFLAGS="-arch i386" gem install mysql -- --with-mysql-config=/opt/local/bin/mysql_config5
sudo env ARCHFLAGS="-arch i386" gem install postgres
sudo gem install sqlite3-ruby

Outras instalações interessantes via MacPorts são:

1
2
sudo port install git-core +svn
sudo port install ImageMagick ctags memcached

Isso lhe dará o Git com suporte a sincronizar de repositórios Subversion. O ImageMagick é uma biblioteca nativa usada por gems como RMagick.

Depois continuo este artigo, mas este são apenas os primeiros passos.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus