A derrota dos Reclamões

2008 May 14, 14:32 h - tags: jruby obsolete

O Charles postou um ‘call to action’ hoje no seu blog avisando que os famosos RubySpecs do Rubinius finalmente se tornou um projeto independente. A idéia desse call to action é integrar os diversos suites de testes que existem para Ruby em um único maior e mais completo. O JRuby hoje executa meia dúzia de pacotes separados e com muitos testes redundantes entre eles.

Um RubySpecs completo primeiro auxiliaria todas as outras implementações como IronRuby, Rubinius e o próprio MRI e cala a boca de todos que ficaram dizendo “Ruby não tem especificação”. E por falar em Rubinius, outro cala boca a quem não acreditava nele: no estágio atual ele já começa a rodar Merb. Claro, ainda é insipiente, mas é um sinal que as coisas estão evoluindo bem.

Outro ‘cala boca’ veio na forma do suporte a mod_rails pela Dreamhost. Vocês vão se lembrar que alguns meses atrás eles pisaram na bola ao simplesmente falar mal de Rails e cruzar os braços (sendo que são eles que lucram com hosting de Rails). Pois bem, como eu venho dizendo, o pessoal da Phusion mandou ver numa solução decente a agora a Dreamhost não tem do que reclamar. Os reclamões deveriam se sentir envergonhados de ver um grupo de garotos (o pessoal da Phusion está na média dos 23 anos) resolver esse tipo de problema que muitos achavam que era o “calcanhar de aquiles” do Rails. O Zed Shaw deu uma resposta à altura com Mongrel e agora a Phusion dá uma segunda resposta à altura com Passenger.

“Ruby é lento, JRuby é lento” bla bla bla. Quantas vezes já não ouvimos isso? Hoje na lista rails-br o Antonio Carlos, da Object Training, postou sua experiência sobre seus sistemas rodando no MRI e agora em JRuby. Inclusive, serve de cala-boca para mim mesmo: eles tem um ERP com boa parte feita em Rails :-) Aliás, é um bom texto para mostrar as diferenças de se fazer aplicações em PHP e Rails vindo da parte de quem tem real experiência com ambos.

Um ano atrás as coisas eram bem diferentes, dois anos atrás eram mais insipientes ainda. Em menos de 3 anos a comunidade Ruby deu um enorme salto à frente e é por isso que eu sempre digo: a melhor parte do Ruby é a comunidade que a cerca, um exército de pessoas pró-ativas e efetivamente geniais em programação. Todo ano eu penso: “será que tem tanta novidade para ter 2 RailsConf todos os anos?” E a resposta é sim! Mesmo quando eu e o Carlos Brando começamos a gravar nosso podcast semanal ficávamos pensando “será que vai ter assunto suficiente pra falar toda semana?” e, pelo tamanho de cada podcast, dá para ver que a densidade de novidades toda semana é enorme!

E, também como eu sempre digo, os que apenas reclamam e cruzam os braços nunca vão sair do lugar. Por isso mesmo o que temos hoje representa uma derrota dos Reclamões. Não dêem ouvidos a quem só sabe dizer “Não”. É como no mundo de consultoria nós definimos como “crocodilos”: boca grande e braços curtos.

Steve Jobs já usou essa famosa frase de Alan Kay: “A melhor forma de prever o futuro, é criar o futuro.”

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus