Diário de Bordo do FISL 9

2008 April 19, 15:02 h - tags: conference obsolete

Update 20/04: O grande Marcos Tapajós colocou o vídeo da palestra para download no servidor dele. Inclusive ainda tem outros screencasts que eu fiz. Valeu Tapajós!

Pois é pessoal, voltei ontem à noite do FISL onde estive na quinta a sexta-feira. Porém, muitos imprevistos aconteceram e no fim não deu nada muito certo em relação à minha palestra, que estava agendada para quinta, dia 17/4, a partir das 11hs.

Minha jornada começou às 5 da manhã, quando eu já estava no aeroporto de Congonhas fazendo meu check-in. Ficamos sabendo que o vôo atrasaria devido ao aeroporto de Porto Alegre estar fechado por “más condições meteorológicas” – seja lá que desculpa seja essa.

Em resumo, no final meu vôo foi cancelado, tive que fazer escala em Florianópolis e só consegui aterrissar em Porto Alegre ao meio-dia, ou seja, 1 hora atrasado para minha palestra.

Fiquei sabendo que a sala estava quase cheia, talvez 200 ou 300 pessoas? Infelizmente não pude comparecer no horário e isso deve ter desapontado muita gente. Mil desculpas por isso, infelizmente não era algo que se pudesse prever. Felizmente alguns bons amigos meus e da comunidade estavam presentes, como o Fabio Kung, da Caelum. Parece que eles utilizaram bem o tempo disponível para falar de assuntos relacionado a Rails como JRuby.

De qualquer forma, depois que cheguei ainda tentamos arranjar outra sala em outro horário. Mais para o fim do dia o Pedro Pimentel, da LEC, nos ofereceu sua sala para que pudéssemos fazer a palestra. Mas quando fomos conversar com a organização do evento, eles preferiram que usássemos outra sala que eles tinham. Sendo recomendação deles, aceitamos. De qualquer forma, parece que eles estavam tendo um dia bastante estressante já que não estavam para muita conversa, se é que me entendem.

Então, de noite postei uma atualização aqui no blog dizendo onde era a sala. Ficou para o dia seguinte, sexta-feira dia 18, às 11 da manhã. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que era uma sala de aula no sétimo andar da PUC que não tinha projetor (!) Agora, porque a organização nos colocou lá é algo inexplicável, dado que já tínhamos uma sala (do Pedro) que estava devidamente equipada.

Infelizmente, como as coisas foram definidas apenas no fim do dia de quinta, não houve tempo para todos saberem onde seria a palestra, então somente quem viu o post pôde comparecer. A organização do evento não tinha absolutamente nenhum mecanismo de comunicação eficiente para essas coisas. Enfim, no melhor espírito RejectConf dei minha palestra à moda antiga: na lousa com giz. Não é o tipo de coisa que me faz desistir, gosto de improvisar e foi o que tive que fazer.

Então, eu tive 2 horas para apresentar o assunto Deployment de Rails. É um assunto importante principalmente para quem já está usando Rails e quer saber quais as opções para colocar seu produto no ar. Das quase 300 pessoas que estavam no horário original do dia anterior, apenas 10% pôde comparecer, mas espero que todos tenham aproveitado.

A parte boa

Com certeza o que valeu a pena foi me encontrar pessoalmente com várias pessoas que costumam ler meu blog e participar da comunidade Rails, como o Everton Carpes, o Jony dos Santos e outros. Conheci pessoas que só conversava via internet como o Carlos Eduardo e o Júlio Monteiro, da e-Genial. Revi grandes colaboradores de Rails como o Vinicius Telles e o Silvestre Mergulhão (que palestraram sobre Rails 2 e o case Lucidus), da Improve It, o Fabricio – que conheci na Campus Party – e que também palestrou sobre Rails. O Fabio Kung, da Caelum (aliás, pena que o Paulo Silveira não estava lá).

Outras figurinhas carimbadas que sempre encontro em eventos como o Fernando Meyer, da Redhat, o Rodrigo Kumpera, da Novell. O Lucas Húngaro que organizou o Bauru on Rails, também estava lá. O Luis Vitor Martinez, da 4Linux, que iria co-palestrar comigo para falar sobre mod_rails. E claro, re-encontrei meu amigo Surgeworker Rodrigo Kochenburger (a.k.a. divoxx), que não via pessoalmente desde da RejectConf SP do ano passado. O Carlos Eduardo montou uma pequena quiosque onde nós Railers pudemos nos reunir, distribuir camisetas. O Vinicius trouxe o cartaz “Rails Brasil”. Enfim, todos os que realmente colaboram na disseminação da cultura Ruby on Rails no Brasil.

Fiquei muito contente também de conversar com pessoas de diversas empresas e instituições que me chamaram para dizer que estavam muito contentes de terem migrado para Rails e tem bons cases já em produção. Do Sul, do Sudeste, do Norte, em todos os cantos, desde pequenas até grandes empresas já tem algum núcleo Ruby on Rails em andamento. Foi muito bom poder constatar isso pessoalmente, o que me deixa mais motivado ainda para continuar servindo à comunidade.

O pessoal tirou várias fotos (eu esqueci minha câmera) e assim que eles publicarem na internet eu vou linkar aqui.

Só para completar, na noite de quinta, o Google patrocinou um jantar para palestrantes. Lá pude conversar com o Randall Schwartz, que palestra hoje (sábado) sobre Seaside. Eu tinha trocado e-mails com ele e a gente ficou de conversar no FISL. Eu gosto muito do podcast FLOSS Weekly que ele toca com Leo Laporte e como eu publiquei ano passado, foi um episódio desse podcast que me deixou inspirado a divulgar Git pela primeira vez, em setembro do ano passado.

O cara é muito gente boa. E para quem nunca tinha ouvido o nome, ele é mais conhecido na comunidade Perl, do lendário livro do Camelo de Perl. Espero que o pessoal assista em massa a palestra dele, ele vêm evangelizando Seaside. O objetivo dele com isso é simples: coisas como MySQL, Rails, ele prefere não falar porque já são conhecidos o suficiente. Coisas como Git e Seaside eram mais underground e ele quer ajudar a popularizar. Pelo menos entre os railers, o Git se popularizou, de fato. Foi legal poder ter falado com ele. Vou tentar entrevistá-lo em outra oportunidade.

RejectConf-FISL

Como disse antes, a organização do FISL – por incrível que pareça – é muito desorganizada para um evento daquele tamanho e responsabilidade. Claro que minha palestra não acontecer não foi culpa de ninguém, mas eles não têm nada de contingência (a menos que você seja um palestrante “high-profile”).

Eles tinham conexão à internet via Wi-Fi. Mas foi inusável. Parece até que alguém pegou alguns routers velhos e do jeito que estava ligou na internet e pronto. Além de extremamente lenta caía o tempo todo, o sinal era fraco, havia muita sujeira não filtrada, o DHCP não conseguiu dar conta e mesmo com sinal não se conseguia IP. Enfim, catástrofe total. Acho que fiquei mal acostumado com a Campus Party, que tinha uma infra-estrutura muito boa, bastante estável e muito rápida. A diferença foi da água (suja) para o vinho.

Enfim, como disse antes, eu queria muito ter dado essa palestra pois o assunto era importante. Tenho certeza que havia muita gente interessada nisso mas que não compareceu depois simplesmente porque não havia como eles saberem (eu postei no meu blog e, como disse antes, quase não dava pra usar internet por lá em alguns horários).

Além disso, claro que na sala de aula que me arranjaram, além de não ter projetor também não havia ninguém gravando. Worst case scenario.

Mas, eu não sou do tipo que dá o braço a torcer e se a montanha não vem até mim, eu puxo a montanha pra cá.

Acabei de gravar minha palestra, usando os slides que eu tinha feito, em formato de screencast. Então, todos os interessados poderão assistir o que eu iria originalmente apresentar, mas sem as limitações de horário.

Eu não tenho banda suficiente para suportar múltiplos downloads de 139Mb, então, se alguém quiser fazer um mirror, por favor, sinta-se à vontade.

Claro, não sou nenhum especialista de nível Engine Yard, mas acho que posso mostrar o Big Picture e outras pessoas que já tem experiência nisso podem ajudar a complementar o assunto na lista de discussão do rails-br. Isso deve ajudar os iniciantes e outros que estão tendo dúvidas neste momento.

Não é a mesma coisa que uma apresentação ao vivo, mas pelo menos não terá sido um esforço em vão. Espero que todos aproveitem. Fiquem de olho neste post que assim que os uploads terminarem eu vou atualizar aqui mesmo!

Valeu pessoal, foi muito legal conhecer todos pessoalmente no FISL e espero re-encontrá-los em breve!

Update: Acabei de subir o PDF com os slides se alguém quiser aproveitar. Podem reusar em suas próprias apresentações também.

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus