Último dia de Bill Gates

2008 January 07, 18:27 h - tags: gates obsolete

O vídeo na página seguinte é fantástico:

Vejam algumas reações aqui e aqui, e a apresentação completa pelo YouTube em 8 partes.

Ontem Bill Gates anunciou na CES que está finalmente se aposentando. Isso já era sabido há muito tempo, ele preparou a transição. Steve Balmer já é CEO faz tempo, talvez Ray Ozzie venha a seguir na cadeia. Mas de qualquer forma, Bill nunca teve uma grande performance em apresentações. E esta foi muito engraçada! Mas eu digo isso não para sacanear. É preciso dar crédito onde é devido. Uma pessoa que pode dar risada de si mesmo tem que ser um cara legal :-) De verdade, achei o vídeo sensacional (no bom sentido!)


Video: Bill Gates Last Day CES Clip


Outro evento que achei muito legal foi o All Things D Conference (vídeo completo, aqui). Eu até imaginaria que Steve Jobs e Bill Gates juntos daria em uma conversa agradável, mas acho que Mossberg fez um bom trabalho.

Nós, geeks, acabamos pegando a imagem estereotipada que vimos no filme Pirates of Silicon Valley. Pessoal: é só um filme! Nesse filme o Steve virou um maníaco paranóico e o Bill a própria encarnação maliciosa do mal :-) Tudo bem, claro que há um fundo de verdade nisso. Nada é preto no branco. Quem considera as coisas divididas entre “mocinhos” e “bandidos” não viveu a vida real ainda. Além disso, é para isso que existe o sistema de justiça.

A Microsoft veio, fez sua marca na história e o Bill sai de cena num bom momento para ele. Como homem mais rico do mundo agora vai se dedicar mais à Fundação Bill & Melinda Gates, uma organização filantrópica que já ajudou muita gente pelo mundo. Uma empresa não é uma pessoa e certamente a Microsoft não é mais o Bill faz tempo. Isso não isenta essa empresa dos inúmeros erros que cometeu. Este é o mundo real! Não conheci uma única empresa até hoje que não tivesse seus podres – em maior ou menor grau. A diferença é que a Microsoft, sendo gigantesca como é, cada movimento seu é quase um tsunami e todo mundo sente mais rápido (a Netscape que o diga).

Enfim. É um capítulo importante da História que se fecha hoje. Com seus altos e baixos, gostei de ter vivenciado essa geração. Hoje em dia continuo usando meus produtos Apple, mas nem por isso vou cuspir atrás de todos os anos onde ganhei meu sustento com produtos Microsoft.

(PS: acho engraçado que o Vista não tenha sido o sucesso esperado. Ano passado, foram vendidos 250 milhões de PCs e apenas 100 milhões de licenças Vista. É incrível vislumbrar que vender “apenas” 100 milhões de alguma coisa possa ser considerado “fracasso”, mas é :-)

Comments

comentários deste blog disponibilizados por Disqus